Logo propaganda
Notícias

Vereadores de Itararé reclamam sobre pedidos negados em sessão da Câmara

A situação tem causado mal estar e tem deixado os vereadores de Itararé que pedem explicações de mãos atadas diante dos pedidos da população. 

Vereadores da oposição na Câmara de Itararé (SP) relataram na sessão da última terça-feira, (22.mar.2022), que os pedidos de explicações para o Executivo têm sido barrados com frequência nas votações. A situação teria piorado, segundo eles, depois que Fernando FH assumiu a liderança do governo na casa de leis.

A situação tem causado mal estar e tem deixado os vereadores que pedem explicações de mãos atadas diante dos pedidos da população.  Ao Portal RVS, alguns se posicionaram sobre, como Lucas Castilho de Santa Cruz (PL). O parlamentar diz que perdeu a conta sobre quantas vezes teve um pedido negado.

“Desde poda de árvore, sobre a qual eu quis saber qual a empresa responsável, passando por valores gastos, pedidos sobre a mudança do Poupatempo, que eu já fiz e também o vereador Rodrigo, nada vai para frente. Não entendo, se não tem nada de errado, por que não respondem? A minha função é fiscalizar. É por isso que fui eleito”, reforça o vereador.

O último requerimento do vereador Lucas foi o questionamento sobre o investimento em comunicação da Prefeitura. O vereador pediu informações sobre os valores pagos, qual a modalidade licitatória, e pediu o envio de contratos referentes aos gastos. O pedido partiu após um jornal local dar destaque excessivo ao prefeito, e excluir notícias que vá contra a atual administração. No entanto, mais uma vez o retorno foi negativo.

Outro vereador que teve requerimento negado na última sessão foi Rodrigo Fadel (Podemos). Ele pediu explicações sobre a mudança de prédio do Poupatempo, questionou porque o serviço não foi transferido para o antigo prédio do Detran e ainda sobre uma possível verba estadual que não consta no portal da transparência.

Antes da votação, em resposta ao pedido, o vereador Fernando FH, da situação e líder do governo municipal na Câmara, respondeu que “tal mudança se deu para atender as características necessárias apresentadas pela própria superintendência do Poupatempo”, completou ainda que “cabe ressaltar ainda que caso a unidade do antigo Detran apresentasse tais características, o que não é o caso, as adequações, embora temporárias resultariam na interrupção e prejuízo dos serviços ali prestados”.

Depois de ler a resposta, Fernando disse que “havendo tal explicação, a não ser que houvesse uma dúvida mais a finco, não vejo porque trazer mais trabalho para o Executivo sendo que aqui podemos ter a harmonia de debate e tirar todas as dúvidas”. Disse ainda “se a dúvida for só de um, talvez todos não tenham dúvidas. Então a gente nega, porque quem tem a informação não precisa da resposta. Só precisa da resposta quem não tem informação”.

Porém o vereador não respondeu sobre a verba estadual que não consta no site da transparência.

A situação tem causado mal estar e tem deixado os vereadores de Itararé que pedem explicações de mãos atadas diante dos pedidos da população. 
Sessão dos Vereadores de Itararé na segunda-feira, 21 de março

Na sequência, o vereador Rodrigo levantou novamente o questionamento. “Pra mim essa explicação não me convenceu. Para mim o prédio ali na esquina, é metade do tamanho e o valor que o município vai pagar é o dobro. Então, eu como representante do povo não posso deixar de cobrar uma situação dessa. Por mais que o colega tenha trazido explicação, são valores que vão dobrar praticamente para o município pagar”.

Rodrigo completou: “Não sei se o pedido vai passar mas estou fazendo meu trabalho, eu acho que devia ser votado, caso o pedido não seja aprovado, pra não ter mais pedido de informação, porque não passa nenhum pedido aqui mais”. O pedido de informação não foi aprovado. Ao Portal RVS, Fadel finalizou dizendo que em três mandados nunca votou contra nenhum pedido dos colegas e que respeita o trabalho de todos.

Leia mais notícias sobre a região Sudoeste Paulista em www.portalrvs.com.br. Nas redes sociais, a RVS pode ser encontrado no FacebookInstagramTwitter e YouTube. Para enviar uma sugestão de pauta ou critica entre em contato pelo nosso WhatsApp (15) 99719 6369.  

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir Topo