Brasília

Salário médio pago por empresas de Brasília é o maior do país, aponta IBGE

Dado faz parte da pesquisa Demografia das Empresas/Estatísticas de Empreendedorismo 2019. De acordo com estudo, 710.718 pessoas eram ocupadas assalariadas nas unidades locais de empresas.

O salário médio pago pelas empresas de Brasília é o maior do país. É o que aponta a pesquisa Demografia das Empresas/Estatísticas de Empreendedorismo 2019, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (22). Segundo o levantamento, a remuneração média paga em Brasília é de R$ 3.228,86.

Os dados são referentes a 2019. A pesquisa Demografia das Empresas analisa as taxas de entrada, saída e sobrevivência das empresas formais do país.

Já a Estatística de Empreendedorismo usa informações das pesquisas anuais de Comércio, Construção, Indústria e Serviços para a produção de indicadores sobre empresas que possuem alto crescimento.

Segundo o levantamento, em 2019, os salários pagos por unidades locais de empresas que atuavam no DF somaram R$ 30,32 bilhões. Os dados apontam que a média mais alta foi registrada em companhias de eletricidade e gás, com remuneração mensal de R$ 34.047,99.

A pesquisa indica ainda que Brasília ocupa o quarto lugar entre as capitais com maior número de pessoal ocupado assalariado, em empresas. Segundo o levantamento, eram 710.718 em 2019. O número é 4,7% maior do que em 2018, e 29,6% maior do que em 2009.

Brasília está atrás das cidades de São Paulo (3.711.884), Rio de Janeiro (1.519.174) e Belo Horizonte (798.539).

Em 2019, o Distrito Federal tinha 90.248 empresas com endereço de atuação no DF. O número representa 10,1% a mais do que em 2018 e 13,4% a mais do que em 2009.

Segundo o levantamento, as empresas de comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas possuem o maior número de unidades locais (30.953) e representam um terço das companhias que atuam na capital.

O setor também é responsável por 22,9% do pessoal ocupado assalariado. Em seguida, aparecem atividades administrativas e serviços complementares, que corresponderam a 17,3%, e saúde humana e serviços sociais, com 11%. .

Empresas de alto crescimento no DF

No DF, 1.302 empresas foram consideradas de alto crescimento. Entram nessa classificação aquelas que apresentam crescimento médio do pessoal ocupado assalariado de pelo menos 20% ao ano, por um período de três anos, e têm 10 ou mais pessoas ocupadas assalariadas no ano inicial de observação.

Segundo a pesquisa, o DF está na 13° posição do ranking entre as unidades da federação com maior número de empresas de alto crescimento. A colocação representa queda de uma posição em relação ao ano anterior.

A atividade com maior número de empresas de alto crescimento é o comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas, com 531 empresas, representando 40,8% do total. Em seguida, estão atividades administrativas e serviços complementares, com 135 empresas – 10,4% do total.

No ano de 2019, as empresas de alto crescimento empregaram 91.661 pessoas, pagando um salário médio mensal de R$ 2.028,19, no DF.

Entre as atividades com maiores salários médio mensais das empresas de alto crescimento, em 2019, destacam-se:

  • Atividades profissionais, científicas e técnicas, com 5 salários-mínimos
  • Atividades financeiras, de seguros e serviços relacionados, com 3,9 salários-mínimos
  • Informação e comunicação, com 3,6 salários-mínimos
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Notícias

Ir Topo